Picolé de leite ninho super cremoso

Picolé de leite ninho

Picolé de leite ninho super cremoso – Uma receita super fácil que vai refrescar os dias de calor intenso, tem um sabor incrível e fica super cremoso. Vamos ver a receita?

Picolé de leite ninho – Ingredientes:

-Uma xícara de chá de leite Ninho
-1 lata de leite condensado
-Uma caixinha de creme de leite
-Meia xícara de chá de água.

Veja como preparar:

Adicione todos os ingredientes no liquidificador.

Bata por 2 minutinhos ou até que fique bem homogêneo.

Despeje essa mistura nas forminhas de picolé.

DICA 1: Se você não tem forminha de picolé, você pode usar copinho descartável ou saquinho de geladinho.

Leve ao freezer ou congelador de um dia para o outro.

DICA 2: Depois de congelado, você pode derreter uma barrinha de chocolate branco e mergulhar o picolé, para uma cobertura crocante e deliciosa! Fica perfeito e todos adoram!

INFORMATIVO: Confira os cuidados para o corpo nos dias de calor intenso:

Hidrate-se

Nos dias quentes o corpo precisa liberar calor por meio do suor para manter a temperatura corporal – eliminando água e sais minerais. Afinal, sem a quantidade de água e sais minerais necessários, a pessoa fica com o metabolismo comprometido, podendo ter mais chances de sofrer lesões musculares, tonturas, cãibras, diminuição do desempenho físico, menor disposição e dificuldades de concentração.

É recomendado beber água aos poucos durante o dia, antes que a sede apareça. Uma dica para saber se seu corpo precisa de líquido é a urina – se for ao banheiro e perceber que ela está com cor escura e odores fortes, você está ingerindo pouca água. A urina deve estar bem clara, quase transparente!

Boa alimentação é fundamental

Algumas frutas e vegetais apresentam grandes quantidades de água em sua composição. A melancia, por exemplo, tem mais de 90% do seu peso em água, assim como as folhas verdes. Além de serem ricas em líquidos, as frutas e verduras são fonte de potássio, mineral que precisa ser resposto quando há uma produção de suor muito intensa.

Já o consumo de gorduras deve ser evitado em dias muito quentes, pois elas não são bem metabolizadas por conta da perda de líquidos do organismo. O resultado de um almoço cheio de frituras, por exemplo, pode ser uma sensação de mal-estar e desconforto algum tempo depois, e ninguém quer uma indigestão, não é mesmo?

Atividade física

Durante o exercício físico a pessoa se desidrata e perde muito sódio e potássio, por isso é preciso ingerir líquidos! Nos dias quentes, a perda de fluídos no suor é ainda maior e pode variar conforme a intensidade do exercício. Quanto mais intensa e longa for a atividade física, maior deverá ser a quantidade de água ou bebida isotônica ingerida.

A dica é: antes do exercício tome de 400 a 600ml de água no mínimo duas horas antes de iniciar o exercício; Durante o exercício, caso o exercício tenha mais de uma hora de duração, tomar de 150ml a 350ml a cada 20 ou 30 minutos e após o exercício, beba o suficiente para matar a sua sede.

Para dormir fresquinho

Um dos maiores incômodos dos dias quentes é a hora de dormir, principalmente para pessoas que não têm um ventilador no quarto. Estudos mostram que ao tomar um banho frio antes de deitar e evitar alimentos como chás e leite quente a pessoa dorme tranquilamente e fresquinha . Uma dica infalível é usar roupas de dormir frescas, manter o quarto arejado com as janelas abertas e não usar qualquer tipo de cobertor.

Cuide da pele

No verão, há muita transpiração e o metabolismo está trabalhando a todo vapor. É necessário beber muita água, em torno de 8 copos. É bom também sucos e chás gelados para variar um pouquinho.

Utilize sempre filtro solar e reaplique a cada 30 minutos, use sempre um hidratante corporal e facial. Tome uma ducha e lave o rosto sempre que sua pele estiver oleosa. A esfoliação também é uma boa dica, para manter a pele sempre renovada.

Gostou da nossa receita de hoje? Deixe seu comentário e compartilhe. Obrigado pela visita e volte sempre!


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*