Cappuccino Caseiro Cremoso – Delicioso e rende muito

A receita de hoje é um delicioso cappuccino caseiro, super cremoso e que rende muito, com a chegada do friozinho, nada melhor que uma bebida quentinha não é mesmo?…Então veja a receita, faça e experimente.Com certeza vocês vão adorar.

INGREDIENTES:

-e 1/2 xícara de leite em pó (usei da marca Ninho)
-1 xícara de açúcar
-1 xícara de chocolate em pó ou achocolatado
-2 colheres(sopa) de canela em pó
-1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio
-1 sachê de café solúvel 50 gramas (usei da marca Nescafé).

*Xícara medida que usei é de 200ml.

NO VÍDEO ABAIXO VOCÊ PODE SEGUIR O PASSO A PASSO:

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

O hábito de tomar café, desde que em doses moderadas (de 4 a 5 xícaras de 50 ml por dia), não oferece riscos ao organismo, muito pelo contrário, proporciona diversos benefícios. Entre os motivos está sua riqueza nutricional, com destaque não apenas para a cafeína, famosa por seu efeito estimulante, mas também pela alta concentração de polifenóis – antioxidantes que impedem, ou ao menos diminuem, a ação dos radicais livres, que prejudicam o equilíbrio celular. Segundo recentes descobertas científicas, o café tem diversas propriedades que contribuem para a prevenção de doenças e promoção do bem-estar. Confira a seguir:

Acelera o metabolismo e queima calorias

Segundo o endocrinologista Filippo Pedrinola, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) e da Sociedade Americana de Endocrinologia, a cafeína é uma das poucas substâncias naturais que ajudam a queimar calorias. “Outros estudos mostram que ela pode aumentar especificamente a queima de gordura por meio da ativação do sistema nervoso simpático e oxidação lipídica. A substância aumenta os níveis de adrenalina no sangue, e este hormônio quebra as células de gordura, liberando-as no sangue como ácidos graxos livres que atuam como combustível e, portanto, melhoram a performance nas atividades físicas, conforme o estudo publicado no International Journal of Sports Nutrition e no Scandinavian Journal of Medicine and Science in Sports”, ressalta o especialista.

Gostou? Comenta e Compartilha!


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*