Bolo gelado de abacaxi

Bolo gelado de abacaxi

Bolo gelado de abacaxi – Uma receita deliciosa, simples e fácil de fazer. Massa super fofinha com recheio e cobertura maravilhosa, você vai adorar.

Bolo gelado de abacaxi – Ingredientes:

-1 abacaxi bem grande

-¼ de xícara (chá) de açúcar

-¼ de xícara (chá) de rum.

Creme:

-1 lata de leite condensado

-Uma xícara (chá) de leite

-3 gemas (as claras serão usadas na cobertura).

Pão-de-ló:

-6 ovos

-Seis colheres (sopa) de açúcar

-6 colheres (sopa) de farinha de trigo

-manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar.

Cobertura e montagem:

-1 ½ xícara (chá) de creme de leite fresco gelado

-4 colheres (sopa) de açúcar

-½ xícara (chá) de coco fresco ralado.

Bolo gelado de abacaxi – Modo de Preparo:

Descasque o abacaxi e corte em fatias de 1 cm. Corte as fatias em tiras e as tiras, em cubos de 1 cm. Numa panela média, junte o abacaxi picado, o rum e o açúcar e leve ao fogo médio.

Deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando, até os cubos ficarem macios e formar uma calda.

Sobre uma tigela, passe o abacaxi cozido pela peneira e reserve a calda – ela será usada para regar a massa.

Transfira o abacaxi para outra tigela, cubra com filme e leve à geladeira para esfriar.

Creme

Numa panela, misture todos os ingredientes (se quiser, passe as gemas pela peneira). Leve ao fogo baixo e mexa com uma espátula de silicone por cerca de 10 minutos, até engrossar.

Desligue o fogo e transfira o creme para uma tigela. Cubra com filme em contato com o creme e leve à geladeira por, no mínimo, 30 minutos para esfriar e firmar.

INFORMATIVO:

Contraindicações de Comer Abacaxi:
Os pacientes com gota, artrite reumatoide e úlceras pépticas devem consultar o médico ou nutricionista antes de consumir a fruta para que sejam orientados em relação a quantidade que pode ser ingerida sem riscos à saúde. Além disso, pessoas que fazem uso de medicamentos anticoagulantes devem evitar o consumo em excesso e fazer acompanhamento médico.

Ao contrário do que se pensa, quem sofre de gastrite pode sim consumir a fruta, desde que evite os excessos. O recomendado é que, seu consumo não seja feito isoladamente, e sim em conjunto com alimentos como castanhas, sementes ou vegetais, pois estes minimizam os efeitos da acidez no sistema digestório.

Gostou da receita? Deixe seu comentário e compartilhe. Obrigado!


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*