Violeta genciana é ótima no combate à candidíase, micose, frieira e muito mais



PUBLICIDADE


Usos recomendados da violeta genciana

A violeta genciana é usada para pintar cabelo porque seu corante é bem forte.

Inclusive, precisa ter cuidado ao usar na pele para determinados tratamentos, pois há o risco de ficar com manchas roxas permanentes. Veja para o que ela serve:

Tratamento de candidíase



PUBLICIDADE


O principal uso da violeta genciana é no tratamento de infecções causadas pelo fungo Candida albicans, o causador da candidíase, uma doença que pode afetar as mucosas do corpo.


PUBLICIDADE

Ela é mais recomendada para uso na região íntima, pois ao redor da boca e do nariz pode deixar manchas roxas.

O motivo de usar esse produto é porque ele tem ação bacteriostática (que inibe o crescimento de bactérias), bactericida (que mata as bactérias e fungos) e antisséptica, ajudando a limpar a região afetada e acabar com a inflamação.

A ação costuma ser rápida, aliviando coceira, vermelhidão e ardor causados pela candidíase.

Outros problemas de pele

Por conta das suas propriedades, a violeta genciana também pode ser usada para tratar impetigo (doença bacteriana de pele), infecções superficiais de pele, dermatites, lesões crônicas e irritativas, além de frieiras e micoses em pés e mãos.

Mas, antes de aplicar em qualquer lesão, é importante que o médico identifique se pode usar a violeta em cada tipo de lesão.

Como usar?

Não precisa misturar com nada, apenas aplicar uma pequena quantidade nas regiões afetadas por fungos ou bactérias, externamente. Mas é bom fazer uso de luvas para evitar manchar as mãos.

O produto pode ser usado uma vez ao dia, até 4 dias consecutivos. Depois deve fazer uma pausa para a pele se recuperar e não ficar irritada.

Contraindicações e cuidados a ter com a violeta genciana:

Na bula da violeta genciana diz que ela não deve ser aplicada sobre lesões ulcerosas nem na face por causa do risco de manchas permanentes.

Com certeza você não quer ficar com uma mancha roxa em seu rosto. Então, nesse caso, é melhor encontrar outra maneira de tratar a candidíase.

Nunca, sob hipótese alguma, esse produto pode ser ingerido. Seu uso é exclusivo na pele.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA!


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*